CT4ER Évora - Portugal

Construção Caseira - QRP - Radioamadorismo

A estação de radio-amador CT4ER foi autorizada a transmitir em Junho de 1976 e está localizada no centro da cidade de ÉVORA, cidade Museu e PATRIMÓNIO MUNDIAL, junto do TEMPLO ROMANO.

Em HF, geralmente, uso equipamento de construção caseira, um mais velho com cerca de 50 Watts de saída e um mais novo. Atacam uma antena multi-banda com traps fornecida por CT1AYM. Outra antena que também está por cá a dar muito boa conta de si é a FD3 para 40, 20 e 10 metros. Com o sintonizador trabalha de 80 a 10 metros sem problemas. Outras antenas que, em tempos que já lá vão, foram utilizadas por cá, tais como, a G5RV e a WINDOM (FD4) com muito bons resultados.

O local tem muito QRM e QRN em especial nas bandas de 80 e 40 metros.

Com o meu novo transcetor, para QRP e para todas as bandas HF de radio-amador, tenho conseguido bons QSO, com apenas 250mW, tanto em 80 como em 20 metros. Algumas reportagens de 57!!!!. Todos os contactos feitos em fonia tanto para Portugal, Espanha como para outros países da Europa.
A potência total do transceiver será da ordem dos 20 Watts com possibilidade de regulação para QRP.
No diagrama bloco encontrará a filosofia de funcionamento.
De momento ainda está a funcionar com um VFO que cobre toda a banda de 80 e 20 metros, quer em fonia quer em telegrafia.

Para alguns circuitos são dadas várias alternativas, todas foram testadas e com êxito.

É um equipamento projectado para funcionar com um PLL mas com o aparecimento do VFO digital que cobre todas as bandas de HF de amador está a ser considerada a ideia de usar o dito cujo em detrimento do PLL.

Para VHF utilizo um FT290R da YAESU. Normalmente está em PACKET RADIO. Mas muitos bons QSO têm sido feitos em fonia (SSB e FM). Em CW também tem sido divertido, sobretudo para fora de CT. A antena de VHF é uma DIAMOND F - 22 2x7/8 6.7dB 3.2m de comprimento.


Sim este foi o meu primeiro EMISSOR / RECEPTOR. É de dupla conversão. Grande parte do circuito ainda está em funcionamento. Na outra parte, ao longo dos anos, foram feitas alterações para actualização de componentes e funcionamento.

O filtro da frequência intermédia é de 3180Khz. Estes circuitos tẽm alguma semelhança com o FT101 da YAESU.

Quer o detector de produto, quer o modulador balanceado são integrados uA796 ou equivalentes. Depois de diversas experiências estes circuitos ficaram no seu original.

Os MOSFETS originais foram os 40673 mas como, os que tinha, eram bastante ruidosos, foram substituídos por BFR84. Também tinha menos dificuldade em adquirir estes do que os outros porque eram, na altura, muito utilizados nos sintonizadores das televisões.

Os FETS são em maioria MPF102. Outros foram testados mas o resultado não foi o melhor. Hoje já os poderia substituir por outros tão bons ou melhores. No CAG o 2N5486 foi o que deu melhor resultado.

Os transístores bipolares são 2N706 ou BC107 ou relacionados com esta família.

O circuito integrado CA3053 teve de ser substituído pelo CA3028 para ganho mais elevado e melhor relação sinal ruido.

O amplificador de áudio, tem capacidade para 5 watts sem distorção, é um integrado uA706 da FAIRCHILD. Outros circuitos têm sido ensaiados e os resultados idênticos.

O microfone pode ser de alta ou baixa impedância. Depende da resistência colocada na entrada do amplificador do micro.
No início eu utilizei um com 250 Ohms. E o altifalante miniatura, com 8 Ohms, que eu utilizava e todos me perguntavam que microfone tinha e onde poderia ser comprado !!!.

Na parte de emissão os desenhos da drive e andar final não estão em boas condições para passar no scanner. São convencionais e podem ser encontrados em qualquer manual. A drive é uma 12BY7 e a válvula do andar final uma 6146B que dá 50 watts a brincar e duram bastante. No lugar da 12BY7 foram utilizadas outras válvulas como a EF80, 6GK6 e os resultados foram bastante semelhantes. No andar final a primeira válvula foi uma QE05/40, a sua dissipação de placa era apenas 20 Watts. Depois de fazer a sintonia ficava num azul muito bonito.

Para QRP existe um comutador de 50 para 10 Watts. Faz a comutação da tensão da placa da válvula 6146B.

As bobinas foram retiradas de rádios ou televisores velhos e adaptadas para a frequência pretendida.

Depois da montagem do equipamento e para fazer os testes de emissão era utilizada uma lâmpada de iluminação de 110 Volts e 40 Watts para fazer de antena não radiante.
Medidor de estacionárias também não existia. A corrente de placa e grelha eram o controle do melhor rendimento.
Hoje já existe por cá a modernice das antenas não radiantes e medidor de estacionárias porque com os transístores as impedâncias têm de estar bem adaptadas para um bom rendimento.

Top


diagram



mic.gif ........ Amplificador de microfone usado no novo emissor/receptor
mic1.gif ...... Amplificador de microfone usado no emissor/recetor velho
mic2.gif....... Mais um amplificador de microfone


cw.gif........Monitor de CW e controle TX/RX usado no novo e no velho emissor/receptor
cw1.gif .....Monitor de CW e controle TX/RX usado no novo e no velho emissor/receptor


Dentro em breve outros esquemas aparecerão, por isso, de vez enquanto faça uma visita a esta página.
Muito obrigado e desculpe a lentidão com que os esquemas vão aparecendo.
Ah! Eu não sou Alentejano! Sou natural de uma freguesia da capital do Ribatejo!


Ainda se lembra do DECÁLOGO do RADIO-AMADOR?

Por favor ajude a construir uma página melhor enviando as suas sugestões para CT4ER

73 de Carlos/ct4er

Top